quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Música ajuda no desenvolvimento de bebês prematuros


De acordo com o estudo da Universidade de Alberta, no Canadá, publicado na revista especializada Archives of Disease in Childhood, a música pode acalmar os bebês e os pais, além de acelerar o ganho de peso e diminuir o tempo de permanência no hospital. Além disso, a música também teria efeitos benéficos em outros aspectos fisiológicos como batimentos cardíacos e taxa respiratória.

A equipe canadense analisou nove estudos e descobriu que a música também reduz a dor e estimula a alimentação oral.

Segundo Manoj Kumar, autor do estudo existem provas preliminares que sugerem que a música pode ter efeitos benefícios em termos de par‚metros fisiológicos, estados de comportamento e redução da dor durante procedimentos médicos dolorosos. Apesar disso, Kumar acredita que, embora existam provas preliminares de alguns benefícios terapêuticos da música para indicações específicas, estes benefícios precisam ser confirmados em testes de alta qualidade.

Para o professor de obstetrícia, Andrew Shennan, da organização de caridade britânica voltada para bebê Tommy, as provas preliminares de que a música tocada para bebês prematuros pode ter efeitos positivos no comportamento e na (redução da) dor é muito interessante.

Apesar de haver a necessidade de mais pesquisas nesta área, o estudo mostra que existem formas simples e baratas de garantir benefícios para a saúde de bebês prematuros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário